Gelo ou Calor: Saiba qual é a terapia mais recomendada após uma lesão

Estalo e dor aguda no joelho. Quem nunca presenciou esta cena? Infelizmente é algo corriqueiro durante partidas de futebol ou até mesmo em atividades comuns do dia a dia como descer escadas ou escorregar no piso molhado.

Nessas situações, podem ocorrer diversos tipos de lesões, desde os estiramentos mais simples a lesões ligamentares complexas do joelho ou até mesmo fraturas. Por isso, o atendimento médico é imperativo nessas situações, pois só o diagnóstico preciso pode levar ao paciente o tratamento mais adequado.

Mas, o que pode ser feito no exato momento de uma torção do joelho? Abaixo, cinco dicas simples que podem ajudar o paciente no momento da lesão:

  • Proteção: evite pisar com o membro machucado até avaliação médica. Use o apoio de amigos, parentes ou muletas se disponível.
  • Repouso: você já tem uma lesão, evite agravá-la tentando dirigir ou fazer qualquer atividade que possa afetar o joelho.
  • Elevação: use a gravidade a seu favor! Enquanto estiver deitado, mantenha a perna apoiada em almofadas deixando-a elevada. Isso ajuda a diminuir o edema (inchaço).
  • Gelo: excelente antiinflamatório e analgésico natural! Proteja a pele com um pano fino e coloque um saco e gelo ao redor do joelho.
  • Compressão: enfaixamento provisório com atadura de crepom, ajuda a conter o inchaço e alivia a dor (cuidado para não apertar demais e afetar a circulação).

Portanto, não há dúvidas, na fase aguda de uma entorse do joelho, o gelo é a melhor opção. Não deixe de procurar avaliação especializada para adequado diagnóstico e tratamento da sua lesão.